quarta-feira, 2 de maio de 2012

OS QUATRO EVANGELHOS


Cada um dos autores dos quatro Evangelhos procurou preservar, por escrito, as boas notícias a respeito da vida e dos ensinamentos de Jesus. Eles não eram historiadores, por assim dizer; eram evangelistas, isto é, escreveram os seus relatos para fortalecer a fé dos seus leitores (Jo 20.30-31).

Antes mesmo de existirem os Evangelhos escritos, em obediência à ordem de Jesus, os apóstolos e as outras testemunhas foram a várias partes do mundo, proclamando as boas novas (Mt 28.18-20).
Tudo indica que, pouco a pouco, começaram a aparecer documentos escritos, que contavam o que Jesus havia feito e ensinado. Esses documentos se tornaram importantes especialmente quando as testemunhas oculares começaram a morrer. Segundo os especialistas, um desses documentos, que registrava ensinamentos de Jesus, teria sido usado pelos escritores dos Evangelhos de Mateus e Lucas. Esse fato explicaria as semelhanças entre, por exemplo, o Sermão do Monte em Mateus (caps. 5—7) e as passagens paralelas em Lucas.
Acredita-se que o Evangelho de Marcos tenha sido escrito antes dos demais, lá pelo ano 65 d.C. Os Evangelhos de Mateus e de Lucas foram escritos, ao que parece, na década dos anos 80 d.C., e o Evangelho de João, na década dos anos 90 d.C.



caps. capítulos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Igreja do Evangelho Quadrangular